É interessante ter peças de reposição em estoque ou é mais fácil ter fornecedores parceiros?

Tempo de leitura: 3 minutos

Para muitas empresas, o acúmulo de peças de reposição em estoque se torna um grande problema financeiro. Isso porque as peças ficam paradas, sem gerar nenhum lucro para a empresa.

No entanto, o empreendedor fica com um medo: E se faltar? É normal que essa preocupação apareça e, por isso, lota-se a loja ou o comércio de peças de reposição em estoque para que não haja nenhum tipo de escassez.

É possível acreditar que esta seja uma prática de gerenciamento de crise e visão de negócio. Porém, as peças de reposição em estoque podem prejudicar a saúde financeira da empresa.

Desvantagens de manter peças de reposição em estoque

Espaço físico: As peças irão ocupar espaço físico, podendo aumentar o aluguel da loja ou até mesmo diminuir as oportunidades de ter mais espaço físico para o comércio.

Ocupar um grande espaço com peças paradas se torna um grande prejuízo para a empresa, que poderia otimizar aquele espaço com mais gôndulas, corredores maiores para circulação ou até mesmo um espaço mais confortável para o almoço e descanso de funcionários.

Dinheiro parado: Peças de reposição em estoque paradas significam dinheiro parado. Isto porque, a empresa já investiu na compra daquelas peças… Mas, elas estão ficando empoeiradas sem nenhum retorno lucrativo.

Envelhecimento/ vencimento: Alguns produtos como alimentos podem vencer. A venda de produtos que ultrapassaram o prazo de validade é proibida e criminosa. Ao manter essas peças no estoque, o empreendedor corre esse risco, perdendo toda a mercadoria.

Fora de linha/ moda: Outro problema que o empreendedor pode enfrentar ao manter peças de reposição em estoque é o fato de produtos, atualmente, saírem de linha rapidamente. Se uma marca lançar um produto novo, por exemplo, aqueles antigos irão perder valor e gerar menos lucro para a empresa.

Peças de reposição em estoque: o que fazer?

Existem algumas alternativas para que uma empresa não precise manter um grande montante de peças de reposição em estoque, mas mesmo assim não sofra com a falta delas quando necessário.

Uma dessas alternativas é contar com excelentes fornecedores. A relação de parceria com fornecedores irá gerar inúmeras vantagens para uma empresa, entre elas pode-se destacar:

  1. Ter peças para reposição quando necessário
  2. Ser atendido prontamente e com agilidade na entrega
  3. Ter os melhores preços
  4. Poder fazer negociações
  5. Levar vantagens no tempo de entrega

Mas como conseguir esse bom relacionamento?

Assim como uma amizade, um relacionamento entre empresa e fornecedores se dá a base de confiança, honestidade e troca de favores, ou gentilezas. Um bom relacionamento com fornecedores é possível quando:

  • A empresa paga sem atrasos e como foi combinado.
  • A empresa mantém um programa de fidelização quando combinado.
  • A empresa possui um canal de comunicação ativo e eficaz
  • A empresa se preocupa com reuniões produtivas e bom relacionamento interpessoal.
  • A empresa não falha legalmente e cumpre os acordos do contrato.
  • A empresa não deixa que interesses pessoais ultrapassem os interesses empresariais e comerciais, agindo sempre com ética.

Colocando essas práticas em ação, a empresa irá garantir um bom relacionamento com os fornecedores e não será prejudicada com o acúmulo de peças de reposição em estoque.

A Optcon, lhe aguarda para conversar e encontrar uma forma muito simples de controlar seus estoques de sua oficina.