Como validar MVP, na sua Startup

Tempo de leitura: 3 minutos

Você já ouviu falar em MVP, sabe como validar MVP?

O Mínimo Produto Viável é um conceito que precisa ser considerado por quem deseja investir em uma startup.

Assim,  entendemos que muitos futuros gestores tenham ouvido falar, conheçam ou até mesmo, saibam  suas características e fundamentos.

Mas, muitos  empreendedores ainda tem dúvidas de como validar MVP e aproveitar todos os seus benefícios.

O que é o MVP?

O Mínimo Produto Viável possibilita que o gestor visualize  a viabilidade de um determinado produto ou serviço de maneira ágil, econômica e  eficiente.

Então, a MVP é uma versão de produto ou serviço que conta com um mínimo conjunto de características fundamentais.

Assim, o intuito é  o projeto sair do papel e submeter essa espécie de “protótipo” aos testes requeridos para validar a viabilidade.

Outro aspecto interessante é que ao entender como validar MVP é possível compreender:

  • quais são as formas mais eficientes de potencializar a ideia original
  •  torná-la ainda mais atraente.

Mas, para que  as startups, contem com um modelo do tipo protótipo é indispensável  verificar as necessidades e demandas dos usuários.

Todavia, entender como validar MVP permite que o empreendedor saiba como adequar o produto ou serviço às expectativas de mercado

Conhecendo as suas demandas e compreender melhor o público ao que atende.

A importância de como validar MVP

Existem inúmeras vantagens interessantes de saber como validar MVP.

Uma delas é se existe interesse em conquistar uma boa fatia de mercado e ainda ficar com a preferência dos consumidores.

Então esta importância, ela está diretamente atrelada aos seus benefícios:

  • Conhecer a resposta dos consumidores para o serviço ou produto oferecido;
  • Saber se o produto ou serviço possui demanda e se é respaldado pelo mercado;
  • Verificar as possibilidades assim como as respostas do público;
  • Analisar se o produto/serviço resolve o problema dos consumidores;
  • Garantir que o projeto está sendo colocado em prática da maneira correta.

Como validar MVP e potencializar os ganhos?

Existem três formas matadoras de validar o MVP:

  1. Landing Pages

Através das Landing Pages é possível “vender o peixe”, fazendo o discurso de venda, explicando como funciona o produto ou serviço.

Também é possível informar o preço de venda assim como as condições de pagamento. Quem se interessar, fornecerá os seus dados.

Desta forma, é possível criar uma base de contatos,  porque as informações contidas podem ser alternadas a medida que os clientes vão oferecendo feedbacks e dando respostas.

Portanto ela serve como boa alternativa,  por meio delas pode-se oferecer um produto ou serviço  não disponível e testar o grau de interesse da audiência.

  1. Entrevistas e Formulários

É fundamental coletar informações e opiniões com os clientes, desta forma, a validação do MVP torna-se muito mais eficiente.

Contudo a obtenção de dados de qualidade faz toda a diferença na hora de saber como validar MVP.

Assim, esta modalidade de validação também não é necessário ter o produto finalizado ou o serviço estar sendo oferecido.

  1. MVP Concierge

Esta é uma das principais modalidades de validação.

Através do sistema concierge é possível oferecer o que o produto finalizado oferecerá, no entanto, todas as tarefas são feitas de forma manual.

Cabe salientar, que essas atividades manuais, futuramente, deverão ser automatizadas.

Ainda falando dos seus benefícios, o principal deles é que mediante o sistema pode-se economizar com o desenvolvimento de sistemas ou programação.

Finalizando, ao considerar os aspectos expostos até o momento, é perceptível que saber como validar MVP é um passo indispensável para as startups.

Se você deseja saber mais informações, leia os outros artigos do blog e fique de olho nas novidades.