Administrar o financeiro de sua oficina

Tempo de leitura: 2 minutos

Administrar o financeiro é uma das atividades mais importantes para quem empreende. No entanto, um erro pode ser fatal para a saúde financeira da empresa, levando-a à falência.

O perigo de administrar o financeiro de forma negativa é recorrente em uma empresa, por ser uma atividade minuciosa e que deve ser feita diariamente.

A organização da empresa dependerá dessa atitude.

Portanto, é de extrema importância que se tome cuidados com os gastos da empresa, equilibrando com a entrada de dinheiro por meio das vendas.

Dessa maneira, deve-se equilibrar o caixa da empresa, para se obter mais lucro (menos gastos, e maior entrada de dinheiro).

Veja formas de administrar o financeiro da sua oficina para se obter mais lucro:

Oficinas: administrar o financeiro para o sucesso

1 – Estoque:

Ter muito estoque para poucas vendas e saídas de peça pode ser perigoso para o fluxo de caixa de uma empresa.

Isso porque estoque parado significa dinheiro parado. Ou seja, aquele montante investido na compra de produtos dos fornecedores irá ficar estocado, sem gerar lucros.

Solução: Com muito estoque, é possível fazer promoções e liquidações, a famosa “queima de estoque”. Vendendo os produtos mais baratos que o normal, mas garantindo o lucro.

Depois disso, é importante fazer um balanceamento entre a quantidade de peça que sai por período e a quantidade que deve ser comprada para suprir a necessidade, sem ficar com produtos parados no estoque.

2 – Finanças pessoais versus finanças da empresa:

É comum que oficinas sejam empresas pequenas e, por muitas vezes, familiares. Não há nada de errado nisso. Portanto, pode-se existir uma mistura entre finanças pessoais e finanças empresariais. E isso é perigoso.

Ao administrar o financeiro de uma empresa, é importante que o empreendedor tenha consciência de que não se deve misturar os gastos.

Sendo assim, é possível ter maior controle para manter a saúde financeira do comércio.

Solução: Para as finanças pessoais, o empreendedor deve fazer um controle a parte e gastar no máximo o que estipulou como seu salário mensal.

Exatamente isso: os empreendedores, assim como os outros funcionários, devem ter um salário.

3 – Gerenciamento de crise:

Para administrar o financeiro sem grandes surpresas, a empresa deve ter um programa de gerenciamento de crise.

Isto é, ter estratégias de antemão para lidar com eventuais crises.

Solução: É possível reservar uma quantia financeira para utilizar em momentos de crise, como por exemplo a quebra de uma máquina ou uma crise macroeconômica.

4 – Conhecimento:

Estudos constantes, cursos de atualização e conhecimento amplo sobre legislação são fatores que irão modificar a maneira de uma empresa administrar o financeiro.

Solução: O empreendedor de qualquer empresa deve estar conectado e sempre se atualizando sobre novas leis e novas maneiras de organização financeira. Dessa maneira, é possível manter um equilíbrio no fluxo de caixa.

Entre em contato com a Optcon, gostaríamos de mostrar formas simples e baratas do empreendedor administrar o financeiro de sua empresa.